quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Parte do Carbono retido nos solos vai ser liberto para a atmosfera

Investigadores da Universidade da Califórnia demonstram que o carbono só é temporariamente retido nos solos.

Os estudos disponíveis demonstram que os solos são um importante reservatório de carbono e podem retê-lo da atmosfera através do processo de erosão. No entanto, o mais recente trabalho de investigadores da Universidade da Califórnia indica que essa retenção é apenas temporária.

Os investigadores discutem que a libertação do carbono dos solos faz também parte do ciclo de carbono e o mesmo processo de erosão que o pode reter também o vai libertar. Neste trabalho, estimaram que cerca de metade do carbono retido pela erosão será liberto em 500 anos, ou até mais rápido porque as Alterações Climáticas podem contribuir para uma aceleração da decomposição.

Os autores do trabalho consideraram o período entre 4000 AC até ao ano 2000 com dados da Bacia do rio Dijle, na Bélgica. Nesta região, as maiores erosões foram provocadas pela mobilização dos solos para a agricultura, mas apenas nos últimos 150 anos, pelo que grande parte do carbono armazenado ainda não foi liberto para atmosfera, mas será uma importante fonte de carbono para a atmosfera ao longo dos próximos cerca de 350 anos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agradeço antecipadamente o teu comentário, espero que tenhas gostado deste espaço. A tua Opinião conta muito para mim! Obrigada