domingo, 4 de novembro de 2012

Minhocas podem ser alternativa para tratar solos contaminados

A vermicompostagem, processo realizado a partir da decomposição de resíduos orgânicos por minhocas, é eficaz para remediar solos contaminados por cromo, cobre e chumbo. Este processo dá origem ao vermicoposto, ou húmus, material utilizado normalmente como fertilizante.

Esta investigação foi realizada para a dissertação de um mestrado brasileiro e chegou à conclusão que a adição de 2,5 gramas de vermicomposto em 7,5 gramas de solo foi capaz de reter 100% das espécies metálicas, tanto no solo arenoso como no argiloso, provando que pode ser eficaz como descontaminante.

O investigador, Leandro Mendes, do Instituto de Química de São Carlos (IQSC), da Universidade de São Paulo, explica que os testes foram realizados em laboratório e tiveram o objectivo de testar a eficácia da técnica, e não a sua aplicação.

O químico lembra que, actualmente, existe uma busca por soluções tecnológicas verdes, que não afectem o meio ambiente, e solos contaminados por metais costumam ser tratados com solventes, um material poluente.

Os testes mostraram também vantagem: com o uso da vermicompostagem, os metais não ficam disponíveis no ambiente e não ocorre a lixiviação, processo em que a chuva carrega as substâncias para o lençol freático.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agradeço antecipadamente o teu comentário, espero que tenhas gostado deste espaço. A tua Opinião conta muito para mim! Obrigada