quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Como se tornar vegetariano?


Cada pessoa tem a sua razão, umas por saúde, outras pelo ambiente e existem também aquelas que odeiam causar sofrimento aos animais.

Quando uma pessoa opta pelo vegetarianismo deverá fazê lo gradualmente para que o corpo se habitue à mudança e se for uma mudança radical poderá trazer problemas de saúde, porém a algumas pessoas encontram uma maior resistência pela sociedade do que deixar de comer certos alimentos. As famílias, os amigos e os colegas de trabalho quando se apercebem que alguém do seu círculo torna-se vegetariano bombardeiam com perguntas e opinam sobre o estilo de vida que o seu amigo escolheu, o que leva a muitos vegetarianos a esconder a sua opção e isso acontece porque estamos numa sociedade presa a costumes.

O centro Vegetariano apresenta 10 dicas para uma transição sem problemas:
  1. . Pesquisa. Explora o assunto. Procura informações em livros e na Internet. A informação deve ser a tua arma.
  2.  REFLECTE. Pensa a respeito dos animais. Pensa a respeito do seu corpo. Pensa sobre a Terra. Despe-te de preconceitos e evita ideias convencionais. Considera o impacto das escolhas alimentares no mundo ao teu redor.
  3.  CONVERSA. Fala com vegetarianos. Fala com não-vegetarianos. Faz perguntas. Compara pontos de vista.
  4. DEFINE OBJECTIVOS. Brinca com a ideia de te tornares vegetariano. Aposta com um amigo que consegues ficar um  mês ou dois sem comer no McDonald’s, por exemplo. Vê como te sentes com uma ideia como essa, como reages a um desafio desses. Podes criar desafios sérios ou bem-humorados.
  5. COZINHA. Aprender a cozinhar pode ser muito interessante. Faz um curso de cozinha vegetariana, ou compra livros de culinária. Com isso ganhas independência na escolha da tua própria alimentação. Quanto mais receitas vegetarianas uma pessoa sabe preparar, mais fácil é a adaptação à nova dieta.
  6. COME COM CALMA. Transforma a tua refeição num momento especial. Senta-te com calma, ouve músicas tranquilas, não te distraias com leituras ou televisão, não participes em conversas agitadas. Uma mastigação cuidadosa, sem pressa, é muito importante para qualquer vegetariano. Desfruta do prazer da mesa!
  7. PRESTA ATENÇÃO. Tenta notar as necessidades do teu organismo. Não te recuses a dormir quando estiveres cansado, não te recuses a comer quando tiveres fome. Procura perceber se algum alimento produz mal-estar no teu corpo. Nota se algum alimento te faz sentir cansado, irritado, agitado, ou sonolento. Respeita o seu corpo. Aprende a identificar as relações entre o que comes e o teu comportamento.
  8. MUDA O TEU ESTILO. Tenta uma mudança no teu estilo de vida. Praticar um novo desporto, aprender uma dança, ou uma terapia (como yoga) ao mesmo tempo que uma mudança alimentar, pode ser uma boa forma de quebrar velhos condicionamentos.
  9. PREPARA-TE. Irás enfrentar alguma resistência dos teus amigos ou da tua família. Deves estar preparado para isso. Reuniões de família podem ser particularmente stressantes, especialmente se há "tradições alimentares". Só tens de ser firme, mas cortês, e confiar nas tuas próprias capacidades e escolhas. Contactar alguém vegetariano pode ser um apoio valioso quando surgir alguma dúvida. Em todo o caso, é importante que valorizes a tua identidade acima de tudo.

Artigo inspirado e retirado daqui e aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agradeço antecipadamente o teu comentário, espero que tenhas gostado deste espaço. A tua Opinião conta muito para mim! Obrigada