sábado, 25 de outubro de 2014

Será uma alimentação saudável mesmo saudável?

Este título chamou-me a atenção quando estava a ver o programa do greenfest e assim fiz um esforço para poder ir (tive de desistir de uma conferência também muito interessante).

A Oradora. Teresa Barata é uma heath coach e começou a apresentação por mostrar um pão de forma e um pão normal (na minha terra chamamos papo seco ou então uma carcaça). O pão normal têm proteínas e o pão de forma não, apesar de os dois serem pão.

Um explicação que pôs-me a pensar, logo a seguir apresentou-nos as consequências de uma alimentação não correcta:

  • cansaço
  • excesso de peso
  • doenças coronárias
  • stress
  • problemas digestivos
  • mudanças de humor
  • ansiedade
  • falta de foco
Depois desta apresentação das consequências falou um pouco sobre os mitos alimentares:
  • Dietas
  • gorduras e hidratos de carbono
  • alimentos saudáveis e não saudáveis
  • contagem das calorias vs. nutrientes
Por fim (quer dizer, foi metade da palestra) apresentou soluções:
  • optar por alimentos verdadeiros e o mais próximo possível da natureza (assim não contem corantes nem conservantes, etc.)
  • Variedade
  • Respeitar a nossa individualidade (o que resulta para mim pode não resultar para ti)
  • Regra 80/20 (podemos consumir algo não saudável correspondendo aos 20% da nossa alimentação).
Pelo meio da sessão a Teresa mostrou alguns alimentos e a quantidade de açúcar que podemos encontrar neles.

Um das coisas que me preocupa é mesmo a quantidade de açúcar que as crianças consomem sem saberem. Da próxima vez que forem ao supermercado, façam este exercício, por cada 4g pensem que é uma colher de chá e depois contem as colheres de chá que está presente nos alimentos.
  

1 comentário:

  1. Tenho que tomar atenção para quando existirem conferências dessas aqui em Lisboa. Esta a que foste parece ter sido muito útil!

    ResponderEliminar

Agradeço antecipadamente o teu comentário, espero que tenhas gostado deste espaço. A tua Opinião conta muito para mim! Obrigada